Meus queridos companheiros

Pesquise Tudo no Blog

quinta-feira, 6 de maio de 2010

A importância da alimentação para o nosso corpo

Parte I

Todos nós aprendemos desde a escola na aula de ciência e biologia que se não cuidar-mos do nosso corpo ele começa a apresentar defeitos, como um celular sem bateria.
Enumerei algumas partes do corpo humano que julgo ser bastante importantes para começar, a saber, que tipos de alimentos podemos ingerir diariamente. São eles:
Dentes – contem uma parte resistente chamada esmalte branco, que não tem células nem vasos sanguíneos, e por isso, ele não se repara sozinho, caso sofra algum dano. Ingerir alimentos ricos em cálcio ajuda a conservar nos dentes.
Cérebro – controla todas as atividades do corpo e possui cerca de 86 bilhões de neurônios (células nervosas) divide-se em dois: o lado direito, ligado à criatividade, e o esquerdo, de linguagem lógica. As células do cérebro precisam de muita glicose. Ingerir diariamente carboidratos, como pães e biscoitos integrais, massas e raízes.
Coração – tem dois lados, com duas câmaras em cada um. O lado direito bombeia sangue para o restante do corpo. As gorduras boas fazem bem para o coração, porque controlam a pressão arterial (quantidade de sangue que é bombeada pelo corpo) e evitam o “entupimento” das veias e artérias.
Pulmões – bem na área central do sistema respiratório estão nossos pulmões, dois órgãos esponjosos que são responsáveis pela troca do indesejado dióxido de carbono pelo oxigênio. O nosso coração é cercado pelos dois pulmões. O movimento de entrada e saída de ar chama-se inspiração e expiração.
Estômago – nele, o alimento engolido e armazenado. Dentro do estômago, milhões de glândulas gástricas liberam um líquido, o suco gástrico, cheio de ácidos e enzimas que ingerem as proteínas do alimento. Uma chamada de muco evita que o estômago seja digerido. Se nós passarmos muito tempo sem se alimentar (três horas é o limite), o suco gástrico pode “corroer” as paredes do estômago.
Rins – temos dois rins, que liberam urina para a bexiga. Lá fica guardada até que se sinta a necessidade de liberá-la pela Uretra (um canal que sai dos nossos órgãos genitais). O rim filtra nosso sangue e libera as impurezas do corpo. Alimentos ricos em sal comprometem o funcionamento dos rins.
Fígado – os dois órgãos liberam juntos a bile e o suco pancreático, substâncias indispensáveis para a digestão. Não ingerir muito açúcar, por causa da diabetes mellitus, que se desenvolve quando o pâncreas não consegue mais produzir insulina. As gorduras ruins também podem afetar o fígado.
Intestinos – nós temos dois: o grosso e o delgado (fino). Neles, são digeridos os carboidratos, as gorduras e as proteínas não absorvidas pelo estômago. O intestino delgado é a parte mais longa e importante da digestão. O intestino grosso, mais curto, forma e elimina as fezes. Comer fibras ajuda na digestão e eliminar fezes.

Fonte: Jornal A Tarde, sábado, 24/04/2010

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá amigo(a),
comente sobre este texto, sua opinião é muito importante para nós.
Abraços apertados!

Visitantes Recentes

Enquanto houver Jesus no coração, haverá Sorrisos, palavras de Carinho, gestos de Amor, Solidariedade e Respeito. Assim, sempre existirá o Natal.

cópias somente com autorização do autor

Protected by Copyscape Online Plagiarism Test

Categorias