Meus queridos companheiros

Pesquise Tudo no Blog

sábado, 1 de maio de 2010

Juventude x Violência Urbana

Os dados a baixo descritos foram retirados de um boletim elaborado pela UNESCO, Ministério da Justiça/PRONASCI e pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública.

PARTE I

A relação entre juventude e violência estão cada vez mais ligadas, principalmente no Brasil, onde foi confirmado ter os maiores índices de homicídios do mundo e onde a taxa de urbanização ultrapassa os 80%.
Estes são números realmente preocupantes, mostram como os jovens estão vulneráveis necessitando um maior conhecimento sobre segurança pública.
Quase um terço da população jovem pesquisada sofre constantimente com a violência no seu dia dia. Trata-se de um dado alarmante quando se leva em conta que, segundo outras pesquisas realizadas a taxa brasileira de homicídios de 27 por 100 mil habitantes coloca o pís na 4ª posição disputando com 84 países. Quando o foco recai sobre a população jovem (15 a 24 anos), o Brasil sobe para a terceira colocação no ranking internacional, com uma taxa de homicídios de 51,7 por 100 mil habitantes. Especialistas apontam ainda que as taxas de homicídios entre jovens subiram de 30,0 em 1980 para 51,7 (em 100 mil jovens) em 2004, enquanto as taxas para o restante da população apresentaram uma pequena queda, passando de 21,3 para 20,8 (em 100 mil habitantes). Isso sem contar os níveis de exposição à violência de jovens.
Estudos sobre a violência letal no Brasil demonstram também que há uma desigualdade da distribuição desses homicídios, sugerindo a existência de uma geografia da vulnerabilidade, onde Rio, Pernambuco, e Espírito Santo são responsáveis por mais de metade dos homicídios de jovens que ocorrem no brasil. A análise da distribuição dos homicídios por parte dos municípios conclui ainda que 10% dos municípios brasileiros concentram 81,9% das vítimas de assassinato na faixa etária de 15 a 24 anos. Isso demonstra a existência de uma grande concentração da violência, sobretudo nos municípios com mais de 100 mil habitantes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá amigo(a),
comente sobre este texto, sua opinião é muito importante para nós.
Abraços apertados!

Visitantes Recentes

Enquanto houver Jesus no coração, haverá Sorrisos, palavras de Carinho, gestos de Amor, Solidariedade e Respeito. Assim, sempre existirá o Natal.

cópias somente com autorização do autor

Protected by Copyscape Online Plagiarism Test

Categorias