Meus queridos companheiros

Pesquise Tudo no Blog

segunda-feira, 17 de maio de 2010

Para Fazer A Melhor Redação


Devido a muitas dúvidas de colegas e de pessoas que desejam fazer vestibular, mas não conseguem passar principalmente em redação, decidi colocar um pouco do que aprendi. Tentei colocar o que há de mais importante aqui. Espero ter ajudado. Bom proveito a todos.

São Três os Tipos de Redação

Descritiva, Narrativa e Dissertativa

A descritiva serve para traduzir com palavras aquilo que foi visto e observado. Existem dois tipos de descrição:

Descrição denotativa – quando a descrição é objetiva, clara, direta, sem metáforas.

Descrição conotativa – é o contrário da conotativa, ela é literária, usa-se o sentido simbólico, retratando uma realidade além da que está vendo. Se fosse o caso de descrever uma cadeira, você à descreveria além do que vê. Não será descrito somente como uma cadeira com pernas e assento é muito mais, um lugar para relaxar, descansar, sonhar. Vai além da realidade concreta.

A narrativa é narrar, contar, elaboração de textos relatando acontecimentos. O que se torna importante numa narração é contar o que de fato aconteceu. Usar o fato como elemento central da redação.
A dissertação geralmente é a mais usada em faculdades e concursos públicos então vamos agora entrar em detalhes.

Dissertar é desenvolver um assunto, expor idéias, esclarecer, defender princípios e tomar posições.

Muita coisa? Calma!

É simplesmente para analisar um assunto, para isso você deve ter conhecimento sobre ele ( o assunto). Por isso a grande necessidade de ler, jornais, revistas e principalmente livros para que se obtenha este conhecimento. Não é necessário que se saiba tudo, mas, de tudo um pouco.

A dissertação baseia-se em três partes, são elas:

Introdução – nela você vai apresentar o assunto.
Desenvolvimento – lá você discute a proposta.
Conclusão – você deve tomar uma posição, dar uma solução para o assunto, se baseando na Introdução.
Com estas três partes você cria a sua redação

Não entendeu?
Então vamos nos aprofundar.

Lembram-se do famoso: Cabeça, Tronco e Membros? Pois é aqui também é assim.

Introdução – Cabeça – entra no tema proposto. Deve ser objetiva e simpática. Não precisa ser longa. 3 linhas já são o suficiente. Fale sobre o tema e não tenha medo de usar as palavras ou parte delas, contidas no mesmo.
Obs.: A redação só começa pela introdução, nunca pelo título ou tema, por isso pode-se usar o tema ou título na introdução no começo da redação.

Desenvolvimento – Tronco - é o corpo da redação. É aqui que aparecem as idéias é a parte mais longa. O corpo é sempre maior que a cabeça e os pés.
Para o desenvolvimento basta 3 ou 4 parágrafos.

Cuidados essenciais!

Você só pode começar a escrever quando tiver certeza das idéias, o que e sobre o que você vai escrever.
O importante é que as idéias sejam expostas mesmo sendo poucas. Muito cuidado para não sair do tema, este é um dos perigos e o que mais ocorre. Não escreva demais para quem estiver lendo não se cansar. Evite uma redação confusa cheia de argumentos diferentes. Faça um rascunho e releia eliminando os excessos, colocando apenas o que julgou ser importante ressaltar.

Cuidado com gírias repetições de palavras não são bem vindas.
Geralmente pede-se redação de 20 ou 30 linhas.

Conclusão – Membros/Pés – basicamente 3 a 4 linhas já concluem a introdução. É a terminação da redação. Resume o que foi apresentado na redação, você toma uma posição, dá uma resolução ao problema apresentado. Você pode retirá-la de sua melhor idéia e coincidir coma introdução. O valor de sua redação está sobretudo na introdução e na conclusão.

Algumas informações básicas:

Sua redação precisa ser clara, ter um bom visual e harmonia.;
Estude pontuação e acentuação;
Nunca use por exemplo: “a boca dela”, “ para mim ir”.

Mais a dificuldade continua?!

O início da redação pode ser com uma pergunta, uma frase sobre o tema, uma citação ex.: O assunto sobre... pode ser analisado a partir...
Inicie falando sobre a ela mesma, sobre o título sugerido. Não precisa inventar nada, ele já está lá a sua disposição.

Para desenvolver utilize dados estatísticos, justificativas, exemplos e comparações.

A conclusão bem feita pode ser taxativa, sugestiva, ligue-a ao tema proposto questionando e dando uma solução.

Pronto?
Agora leia bastante se ligue nos fatos e pratique. Faça rascunhos de redação. Escolha você mesmo um tema da atualidade e produza sua redação. A prática é a melhor aliada no aprendizado. Com certeza você não irá se arrepender é o primeiro passo para o sucesso em qualquer redação.
Você sairá otimista e confiante.

Na dúvida pergunte. Estamos prontos a lhe ajudar.

Dani.

Um comentário:

  1. Puxa, Dani, amei este seu post sobre redação! Tem tanta gente nesse país que não sabe escrever, não é mesmo? É uma pena!
    Parabéns por compartilhar conosco um bocadinho desse conhecimento que você possui!
    Grande beijo!

    ResponderExcluir

Olá amigo(a),
comente sobre este texto, sua opinião é muito importante para nós.
Abraços apertados!

Visitantes Recentes

Enquanto houver Jesus no coração, haverá Sorrisos, palavras de Carinho, gestos de Amor, Solidariedade e Respeito. Assim, sempre existirá o Natal.

cópias somente com autorização do autor

Protected by Copyscape Online Plagiarism Test

Categorias