Meus queridos companheiros

Pesquise Tudo no Blog

sexta-feira, 2 de julho de 2010

Deficientes Físicos no Brasil. Mais um Problema a ser Resolvido.

O Brasil é conhecido por todos os brasileiros como um país lento, nas leis, na resolução de problemas e em atos a favor da sociedade.
Dentre os muitos problemas para serem resolvidos, existe o direito de ir e vir. Todos de alguma forma têm esse direito exceto as pessoas com deficiência.
São estas pessoas que precisam se locomover com transportes públicos, ter acesso livre e adequado em hospitais e estabelecimentos públicos e privados.
A realidade é que não existem sequer políticas públicas para a pessoa com deficiência.
E o que vem a ser políticas públicas?
Regras, programas e ações voltadas para promover o bem-estar social do cidadão, sendo assim o governo não pode criar estas regras se não der também condições adequadas para que o cidadão exerça o seu direito.
O Brasil já ganhou prêmios e está entre os cinco países mais inclusivos das Américas, mas ainda “peca” nos detalhes. Entre estes detalhes está à falta de assistência à saúde daquele que precisa dos serviços públicos. Além disso, à também o preconceito, que existe pela falta de conhecimento. A educação também seria um meio de quebrar mais da metade desses problemas.
Esta mesma falta de educação limita estas pessoas de participar dos bens e serviços oferecidos aos cidadãos.
As normas da ONU estabelecem que a inclusão da pessoa com deficiência seja feita em todos os âmbitos, ou seja, inserir o cidadão com deficiência na sociedade como um todo. E neste ponto o Brasil esta muito devagar.

Foto: CMI Brasil

6 comentários:

  1. O Brasil sempre foi "muito devagar" em todos os assuntos que interessam à sociedade, até porque para o político, resolver definitivamente o problema de certas classes significa perder votos em época de eleições. Com efeito, se houver a quem prometer, de onde ele vai arrancar o voto que o manterá no poder por mais uma legislatura?

    A questão dos deficientes físicos, como muitas outras, é política. Depende do interesse das autoridades. A sociedade precisa se unir e pressionar. Só assim as coisas acontecem no Brasil!

    Gostei muito da sua postagem!

    ResponderExcluir
  2. Oi Carlos, que comentário excelente!
    Você soube Resumir em poucas palavras o que eu quis passar, na postagem.

    Muito obrigada!

    ResponderExcluir
  3. Oi Dani!! Quando você fala que a educação "seria um meio de quebrar mais da metade desses problemas",concordo com você, o problema é que o educação passa pelo meu descaso. Não há políticas publicas sérias, que sejam implantadas e cumpridas no país. Quase tudo aqui é um jogo de faz de conta.
    Beijos!!

    ResponderExcluir
  4. Oi Nilda, realmente, as políticas públicas estão no papel. E quando são implantadas, não dão condições adequadas para que sejam bem utilizadas.

    Muito obrigada, por seu belo comentário.

    Bjinhos!!

    ResponderExcluir
  5. Oi DANI!
    Nós apreendemos muito com otrabalho que realizamos em grupo no semestre passado a respeito da pessao com deficiência e os seus direitos .Na prática presenciamos a empatia( se posicionar nolugar do outro)E constatamos que em nosso país como bem colocou você esat longe de atinge ou seja fazer na prática os direitos da PSC mas é um começo.
    E com certeza amiga a EDUCAÇAO é a forma que liberta um povo da ESCRAVIDÃO, IGNORÂNCIA,POBREZA, façamos a nossa parte para divulgar e fazer valer.
    Abraços!
    Pero

    ResponderExcluir
  6. Oi Peró, minha amiga querida!
    Que ótimo ver você por aqui!
    Realmente, façamos a nossa parte, nós que daqui para a frente nos dedicamos à fazer a diferença.

    Bjinhos e muito obrigada.

    ResponderExcluir

Olá amigo(a),
comente sobre este texto, sua opinião é muito importante para nós.
Abraços apertados!

Visitantes Recentes

Enquanto houver Jesus no coração, haverá Sorrisos, palavras de Carinho, gestos de Amor, Solidariedade e Respeito. Assim, sempre existirá o Natal.

cópias somente com autorização do autor

Protected by Copyscape Online Plagiarism Test

Categorias